Fungos

Resultado da pesquisa

Nome científico

Phallus impudicus L.

Nome comum
Falo impúdico
Nome comum
Pé azul

Os fungos são incapazes de produzir o seu próprio alimento, dependendo de outros seres vivos ou de matéria orgânica para obter a energia e os nutrientes de que necessitam. Ao longo da evolução adoptaram diversas estratégias nutricionais podendo: alimentar-se dos nutrientes que extraem da decomposição dos substratos que colonizam (fungos sapróbios), parasitar animais e ou plantas para conseguirem retirar os nutrientes essenciais para o seu metabolismo (fungos parasitas) ou estabelecer relações de simbiose com a maioria das plantas, facilitando a absorção de água e nutrientes para a planta e recebendo em troca os nutrientes de que necessitam (fungos micorrízicos). Por fim, podem também estabelecer relações simbióticas com algas e/ou cianobactérias, formando um talo liquénico (fungos liquenizados, ou simplesmente líquenes).

A paisagem da Herdade da Mitra é dominada por zonas de montado com diferentes densidades de azinheira e sobreiro (Quercus rotundifolia e Q. suber), pequenas manchas de pinhal (Pinus pinaster), zonas de matos (dominadas por arbustos do género Cistus) e zonas de pastagens. A Herdade da Mitra exibe uma enorme diversidade micológica, fruto da abundância de nichos ecológicos, da coexistência de diversas plantas hospedeiras e da multiplicidade de substratos.