Nome científico:

Ardea cinerea Linnaeus, 1758

Nome comum:
Garça-real
Família:
Ardeidae

 

 

A garça-real, com o seu longo pescoço cinzento, é uma ave imponente com quase um metro de altura sendo a maior garça que ocorre em Portugal. A sua plumagem é essencialmente de um cinzento-vivo nas partes superiores e mais clara nas partes inferiores. A garganta é branca, sendo o peito e abdómen claros e listados de preto. Ocasionalmente pousa em árvores ou edifícios. 

 

Habitat/Ecologia

Esta ave aquática surge associada a todo o tipo de zonas húmidas, sendo particularmente abundante nos grandes estuários e lagoas costeiras. Na Mitra a sua distribuição concentra-se junto à ribeira podendo ser observada, no inverno, em charco no interior do montado mais esparso.

 

Período mais favorável à observação

Ocorre no território nacional durante todo o ano mas é mais numerosa fora da época de reprodução.

 

Curiosidades

Em voo o pescoço recolhe-se, sendo facilmente distinguida da cegonha-branca.

 

Ocorrência

Residente pouco comum, migradora de passagem e invernante comum.